Egresso conquistou 1° lugar no concurso Ceará Moda Contemporânea

O desfile ocorreu no dia 14 de Maio de 2019 no Centro de Eventos de Fortaleza. O aluno foi selecionado na primeira fase do concurso,  ficou entre 8 finalistas, apresentando a coleção intitulada Fragile Blue. Foram apresentados 6 looks confeccionados todos em jeans, reutilizando calças usadas oriundas de doações.        

 O evento foi promovido pelo Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem em Geral do estado do Ceará (Sinditêxtil) em parceria com Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) Ceará, Silmaq e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).      

O Ceará Moda Contemporânea é um concurso a nível nacional, que acontece em três categorias - design, modelagem e costura. Em 2019 teve sua décima edição, onde o tema central era "Sustentabilidade é moda no Ceará". O concurso é organizado pelo Sindiroupas do Ceará e acontece dentro da feira Ceará Fashion Trade. Esron fala com entusiasmo sobre sua participação no concurso. Segundo o aluno, essa foi uma oportunidade de aprender na prática o que foi estudado teoricamente durante o curso. Para ele, foi uma grande alegria estrear oficialmente no mundo da moda. Ressalta: “os olhos de pessoas do ramo se voltaram para os participantes, ainda mais agora por eu conquistar o primeiro lugar", diz.      

O estudante apresentou a coleção inspirada na obra do artista britânico Ian Berry, feita inteiramente de jeans reutilizados, trazendo ao sentido a relação entre o homem e a natureza.  De acordo com Esron, atualmente são gastos milhares de litros de água para produzir uma peça jeans e na maioria das vezes descartamos sem dar uma nova função a ela.                

Além do reuso de peças jeans, o aluno também recebeu colaboração de 45 metros de jeans da empresa Vicunha Têxtil, sendo esses tecidos da linha ECO (produzidos com menor gasto de água). Para a confecção de todas as peças Esron contou com a ajuda de diversos colegas de curso, professores e profissionais da região, pois na ornamentação de suas peças usou mais de mil rosas em jeans, cada uma confeccionada com cerca de 18 a 20 pétalas, todas feitas e costuradas à mão. Ainda contou com o apoio da D-RU, loja caicoense que forneceu as sandálias e da SD, por Sheyla Morais, marca de acessórios de Currais Novos, que ofereceu os acessórios que compuseram os looks.